Misteriosa esfera gigante é achada em floresta



Um arqueólogo alega ter descoberto a esfera de pedra mais antiga feita por humanos, que provaria a existência de uma civilização perdida.

O achado do cientista bósnio Semir Osmanagic, também apelidado de "Indiana Jones", ocorreu na cidade Zavidovici, em uma área de floresta da Bósnia e Herzegovina. 

De acordo com o The Telegraph, a esfera possui um alto teor de ferro e um raio de 1,2m a 1,5m. Osmanagic acredita que a pedra prova a existência de uma civilização perdida avançada, que remonta mais de 1.500 anos atrás. 

Segundo seu colega pesquisador, Sam Osmanagich, a região costumava ter muito mais esferas do tipo até o século 20. Porém, muitas foram aparentemente destruídas na década de 70, pois acreditava-se que havia ouro escondido no seu interior. No meio científico, nem todos concordam com a teoria de Semir Osmanagic. 

O pesquisador Mandy Edwards, da Escola de Ciências Ambientais, Atmosféricas e da Terra da Universidade de Manchester, disse ao Mail Online que a rocha não parece ter sido produzida pelo homem. Para ele, trata-se de uma esfera formada pela "precipitação de cimento mineral natural dentro dos espaços entre os sedimentos grãos "- um processo conhecido como concreção.

Proxima → Página inicial